Logo Rankings

Condições gerais de venda


PREÂMBULO


O site é publicado pelo vendedor, Top-Serveurs (Jordane JOUFFROY), cuja sede está localizada no seguinte endereço : 21 rue Romain Rolland 69200 VENISSIEUX - FRANCE, e registrado no SIRET nº 837 477 363 00019.

Número de IC IVA : FR84837477363.

O objetivo das seguintes disposições é definir as condições gerais de venda no site pt.top-games.net
Estas condições gerais de venda (doravante "CGV") definem os direitos e obrigações contratuais do vendedor e do seu cliente no âmbito da venda à distância e eletrônica de bens e produtos.
O CGV rege exclusivamente a relação entre o vendedor e o cliente.
O CGV expressa todas as obrigações das partes. Considera-se que o cliente as aceita sem reservas, sob pena de seu pedido não ser validado.
Em caso de dúvida sobre uma das condições de venda, aplicam-se as práticas em vigor no setor de venda à distância por empresas com sede na França e o Código do Consumidor.
O vendedor se reserva o direito de alterar o CGV de tempos em tempos. As alterações serão aplicáveis assim que forem publicadas online.

ARTIGO 1 - CATÁLOGO OU LOJA ONLINE


Através do site, o vendedor disponibiliza ao cliente um catálogo ou uma loja online apresentando com precisão os produtos comercializados, sem que as fotografias tenham valor contratual.
Os produtos são descritos e apresentados com a maior precisão possível. No entanto, em caso de erros ou omissões na apresentação, o vendedor não poderá ser responsabilizado por esse fato.
Os produtos são oferecidos dentro do limite dos estoques disponíveis.
Os preços e impostos relativos à venda dos produtos são especificados no catálogo ou na loja online.

ARTIGO 2 - PREÇO


O vendedor se reserva o direito de modificar seus preços a qualquer momento, publicando-os online.
Somente os preços em vigor no momento do pedido serão aplicáveis, sujeitos à disponibilidade dos produtos naquela data.
Os preços são indicados em euros (excluindo taxas e todos os impostos incluídos).
Os preços levam em conta os impostos aplicáveis no dia do pedido e qualquer mudança na taxa desses impostos será automaticamente refletida no preço dos produtos no catálogo ou na loja online. Se um ou mais impostos ou contribuições, particularmente impostos ambientais, forem criados ou modificados, seja para cima ou para baixo, esta mudança poderia ser passada para o preço de venda dos produtos.
O valor total do pedido (todos os impostos incluídos) é indicado antes da validação final do pedido de compra.
O pagamento da totalidade do preço deve ser feito no momento do pedido.

ARTIGO 3 - PEDIDO ONLINE


O cliente tem a possibilidade de preencher um formulário de pedido online, usando um formulário eletrônico. Ao preencher o formulário eletrônico, o cliente aceita o preço e a descrição dos produtos.
O cliente terá de aceitar, clicando no local indicado, as presentes condições gerais de venda, para que seu pedido seja validado.
O cliente terá de fornecer um endereço de e-mail válido e reconhece pelas presentes condições gerais de venda que qualquer transação com o vendedor poderá ser feita através deste endereço.
O cliente também terá que escolher o método de entrega e validar o método de pagamento.
O vendedor se reserva o direito de bloquear o pedido do cliente em caso de não pagamento, endereço errado ou qualquer outro problema na conta do cliente até que o problema seja resolvido.

ARTIGO 4 - CONFIRMAÇÃO E PAGAMENTO DO PEDIDO


É um pedido com obrigação de pagamento, o que significa que a contratação do pedido implica em um pagamento por parte do cliente.

4.1 PAGAMENTO

O cliente faz o pagamento no momento da validação final do pedido, especificando o número do seu cartão de crédito, ou via Paypal, ou via Paysafecard, ou via Bancontact.
O cliente garante ao vendedor que é maior de idade e que tem as autorizações necessárias para utilizar este método de pagamento e reconhece que as informações fornecidas para este fim são prova do seu consentimento para a venda e para o pagamento das somas devidas nos termos do pedido.
Em caso de disputa ou utilização fraudulenta do cartão de crédito sem utilização física do cartão de crédito (utilização do número do cartão de crédito), qualquer pessoa pode contestar no prazo de 70 dias a contar da data da transação, apresentando uma reclamação de acordo com os seguintes termos e condições, de modo a que o vendedor assuma os custos da venda e devolva o montante contestado :

Qualquer disputa que não seja feita de acordo com as regras definidas acima e dentro dos prazos não poderá ser levada em consideração e isentará o vendedor de qualquer responsabilidade.
O vendedor estabeleceu um procedimento de verificação de pedidos e formas de pagamento destinado a garantir razoavelmente contra qualquer utilização fraudulenta de uma forma de pagamento, inclusive solicitando ao cliente dados de identificação.
Em caso de recusa de autorização de pagamento por cartão de crédito por parte das entidades acreditadas ou em caso de falta de pagamento, o vendedor reserva-se o direito de suspender ou cancelar o pedido e a sua entrega.
O vendedor reserva-se igualmente o direito de recusar um pedido de um comprador que não tenha pago total ou parcialmente por um pedido anterior ou com o qual esteja em andamento uma disputa de pagamento.

4.2 CONFIRMAÇÃO

Após recepção da validação da compra e do pagamento pelo cliente, o vendedor envia a este último, no endereço de e-mail que especificou, a confirmação da recepção do pedido de compra e uma cópia do contrato a ser impresso.
O pagamento do preço total deve ser efetuado no momento do pedido.
O vendedor é obrigado a enviar uma fatura ao cliente no ato da entrega.
Para qualquer dúvida relacionada ao pedido, o cliente pode contatar o atendimento ao cliente no seguinte endereço :

ARTIGO 5 - ASSINATURA ELETRÔNICA


De acordo com o disposto na Lei, o fornecimento online do número do cartão de crédito do comprador e a validação final do pedido constituem a prova da concordância do cliente, da exigibilidade dos montantes devidos nos termos do pedido de compra, assinatura e aceitação expressa de todas as transações realizadas.

ARTIGO 6 - PROVA DA TRANSAÇÃO


As comunicações, pedidos e pagamentos entre o cliente e o vendedor podem ser comprovados graças aos registros informatizados, mantidos nos sistemas informáticos do vendedor em condições razoáveis de segurança. Os pedidos de compra e faturas são arquivados em uma mídia confiável e durável considerada, especificamente, como meio de prova.

ARTIGO 7 - FORMA DE PAGAMENTO


Todos os métodos de pagamento disponíveis para o cliente estão listados no site do vendedor. O cliente garante ao vendedor que possui as autorizações necessárias para utilizar o meio de pagamento por ele escolhido, quando da realização do pedido.

ARTIGO 8 - DIREITO DE ARREPENDIMENTO


De acordo com o disposto no artigo, o usuário não poderá exercer o seu direito de arrependimento uma vez que o produto tenha sido colocado à sua disposição, e os arquivos do computador tenham sido baixados, a partir do momento em que deu o seu prévio consentimento expresso à execução.

ARTIGO 9 - PROTEÇÃO DE DADOS


O vendedor manterá em seus sistemas informáticos e sob condições razoáveis de segurança uma prova da transação incluindo o pedido de compra e a fatura. O vendedor garante a seu cliente a proteção dos dados pessoais deste último, de acordo com o RGPD. O cliente tem o direito de acessar, modificar e excluir as informações coletadas, em particular entrando em contato com o serviço de atendimento ao cliente para este fim, de acordo de acordo com as seguintes condições :

ARTIGO 1O - FORÇA MAIOR


As partes serão isentas de suas obrigações, caso uma circunstância alheia a seu controle, constituindo um caso de força maior, impeça sua execução. As obrigações das partes serão suspensas.
A parte que invocar tal circunstância deverá notificar a outra parte imediatamente após sua ocorrência e quando de sua extinção.
São considerados como casos de força maior todos os fatos ou circunstâncias incontroláveis, externos às partes, imprevisíveis, inevitáveis, independentes da vontade das partes e que não podem ser evitados por estas últimas, apesar de todos os esforços razoavelmente possíveis, definidos como tal pela jurisprudência francesa e, em particular, o bloqueio de meios de transporte ou suprimentos, terremotos, incêndios, tempestades, inundações, raios e a paralisação das redes de telecomunicações.
Se o caso de força maior durar mais que três meses, estas condições gerais podem ser rescindidas pela parte lesada.

ARTIGO 11 - LEI APLICÁVEL E FORO COMPETENTE


O vendedor está estabelecido na França de maneira estável e duradoura para exercer efetivamente sua atividade, qualquer que seja, atuando como uma pessoa jurídica, no local de sua sede.
Além disso, estes GTC estão sujeitos à aplicação da lei francesa, com exceção das disposições da Convenção de Viena.
Em caso de disputa ou reclamação, o cliente primeiramente entrará em contato com o vendedor para obter uma solução amigável.
Na ausência de um acordo amigável, o cliente, se se tratar de consumidor, poderá iniciar um processo perante o tribunal de sua escolha e, se se tratar de profissional, poderá iniciar um processo perante o tribunal do local da sede social do vendedor.